Filmes

Filme Vozes de Transição

Publicado em Atualizado em

Iniciamos a divulgação da Convergência de Permacultura no dia 3 de Outubro na comunidade local – Cova da Beira, com o filme “Transição 2.0”. Após a convergência no passado fim-de-semana de 25 e 26 Outubro, voltamos a reunir a população local com um novo filme de transição – “Vozes de Transição” e desta vez com a presença do realizador Nils Aguilar! Estão convidad@s! Dia 13 de Novembro, às 21h30 na Moagem – Fundão. Entrada Gratuita.

Como é que podemos produzir alimentos suficientes para todos no futuro? Quais são as alternativas à agricultura industrial? Como podemos realizar uma transição para um sistema económico verdadeiramente resiliente e sustentável?
Estas questões são colocadas durante o filme e diversas soluções inspiradoras são apresentadas. Contamos ainda com a presença do realizador do filme – Nils Aguilar, que estará disponível para responder a questões e promover a discussão na audiência.

Uma oportunidade para co-criar a Transição na região!
Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/1486239451643451/

“Este filme precioso… é sobre construirmos o nosso futuro aqui e agora. Com os nossos passos pequeninos e solidariedade colectiva vamos garantir que a Árvore da Vida floresça e cresça!” Vandana Shiva

” Vozes de Transição educa, expande a mente a novas possibilidades e apresenta uma nova visão de como o nosso sistema de alimentação poderia ser” Rob Hopkins

“Este filme coloca a questão essencial: em que tipo de mundo queremos viver?” Sarah WienerVOT_packshot-en_rgb

Começamos em grande no dia 23 de Outubro!

Publicado em Atualizado em

… com a estreia em Portugal do filme “O Pomar da Permacultura – Além do Orgânico, de Olivier Asselin, 2014.

“Há 20 anos atrás, Stefan Sobkowiak comprou um pomar comercial de maças (cerca de 5ha) com o objectivo de o converter num pomar de agricultura biológica. Em 1996 o pomar obteve a certificação biológica, no entanto Stefan logo apercebeu-se das limitações deste modo de produção baseado em monocultura. Então em 2007 Stefan decidiu tirar a maior parte das árvores e replantar o pomar, inspirando-de nos princípios de permacultura.”

E se existisse uma melhor forma de produzir fruta?
Com menos trabalho. Maior produtividade. Mais diversão.

Entrada livre para participantes na convergência de permacultura. Filme em Inglês com legendas em PT.
Mais informações aqui.

Fica aqui o trailler:

Transição 2.0 – no Fundão

Publicado em

Como Rob Hopkins e Toby Hemenway comentaram: ” a Transição é o cavalo de tróia da permacultura” – uma forma de introduzir os conceitos de permacultura a um público variado. Por isso, esta sexta-feira dia 3 de Outubro pelas 21h30 vamos passar aqui no Fundão (Moagem) para a comunidade local o filme Transição 2.0 de Emma Goude. Entrada gratuita. Estão convidad@s!
O evento no facebook onde vamos colocando algumas informações sobre a transição e permacultura pode ser encontrado em: https://www.facebook.com/events/760071780707764/
Fica aqui a descrição do filme.

“Transição 2.0″ é um filme inspirador que reúne histórias do mundo inteiro de pessoas comuns a realizarem acções e projectos extraordinários. Neste filme vamos saber de comunidades que produzem a sua própria alimentação, apostam na economia local, imprimem o seu próprio dinheiro, investem em energias renováveis… Inúmeras iniciativas de transição no mundo (incluindo Portugal – Aldeia das Amoreiras) são aqui registadas em diferentes estágios e projectos.

O filme foi realizado por Emma Goude e contou com a participação de diferentes voluntários, em que ninguém se deslocou de avião para os diversos locais/projectos documentados no filme (Reino Unido, Portugal, EUA, Japão, Índia…), de forma a ser possível realizar uma película de pegada ecológica reduzida.

Transicao2

Transição 2.0 mostra que qualquer coisa é possível se trabalharmos em conjunto, quer a nível local, quer a nível internacional:

“Com a persistência da crise, pouco a pouco, as pessoas começam a dar-se conta de que o mundo está a mudar de uma forma irreversível, e que esta não é uma crise como as outras. Começam a perceber e a acreditar que esta “crise veio para ficar”, e começam a olhar de forma diferente para o futuro. E muitos, sem esperar que algo de pior aconteça, começam a querer moldá-lo com as suas próprias mãos. Surgem assim as iniciativas de Transição – um grupo de pessoas empenhadas, interessadas no bem comum e não em obter proveito próprio, que se formam e informam para que se vença a inércia do “deixa andar, que quem vier atrás resolva” e a Transição comece: uma mudança para uma vivência mais sustentável, promovendo a produção e o comércio local, respeitando a natureza e as pessoas, e delas aproveitar o melhor sem as prejudicar, diminuindo gradualmente os consumos energéticos (…). Dá trabalho, e não dá dinheiro, mas seguramente compensará a quem se preocupe com o futuro das próximas gerações.” Luís Queirós

Depois do filme (cerca de 1h) segue-se uma conversa e troca de ideias.